RESPONSIVE ADS HERE

Últimas

17/10/2017

Justiça cassa prefeita de Mamanguape

A juíza Juliana Duarte Maroja acaba de cassar o mandato da prefeita Maria Eunice Pessoa (PSB), na AIJE nº 73.2016.6.15.0007, protocolada pelo Ministério Público Eleitoral. A ação tem base em um áudio da promotora Ismânia Pessoa, filha da prefeita, que foi flagrada comprando votos de candidatos e vereadores para sua mãe, com pagamento de R$ 5 mil e promessa de nomeações na Prefeitura.

Em abril, a magistrada, que recusou 15 das 17 testemunhas da prefeita, acionou o Gaeco (Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado), do Ministério Público, para verificar a autenticidade do áudio. E restou comprovado. Logo depois, a promotora Ismânia foi punida pelo Ministério Público com pena de advertência.

Mas, o Conselho Nacional do Ministério Público considerou branda a pena de advertência e o MP teve que reformar a punição, com afastamento da promotora. A condenação de Ismânia se tornou um dos elementos mais fortes na ação, uma vez que ficou comprovado, conforme está no áudio, o cometimento do crime de captação ilícita de votos.
Mensagem mais recente Mensagem antiga Página inicial

Páginas