RESPONSIVE ADS HERE

Últimas

17/01/2019

Serra da Raiz completa 60 anos de Emancipação Política na próxima segunda-feira (21); confira a programação

O município de Serra da Raiz (PB) completa na próxima segunda-feira, 21 de janeiro, 60 anos de Emancipação Política e a gestão da prefeita Adailma Fernandes (PTB) preparou uma programação especial para comemorar com a população e visitantes o aniversário da cidade.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO

No sábado (19) às 12h00, acontecerá o programa especial com a prefeita e convidados no Debate Livre da Rádio Rural.

Domingo (20)

09h00 - Celebração da santa Missa em Ação de Graças;

14h00 - Encerramento do VIII Campeonato Municipal de Futsal;

16h30 - Entrega da premiação do Campeonato.

Segunda-feira (21)

04h00 - Alvorada

08h00 - Hasteamento das bandeiras nas sedes da Prefeitura e Câmara Municipal

09h00 - Reinauguração do Museu Homem Serrano, lançamento do Cordel: Iniguaçu e Massacre de Tracunhaém, por José Augusto.

19h00 - Solenidade de homenagem aos ex-prefeitos, vice-prefeitos e ex-vereadores.

22h00 - na Praça de eventos, shows com Henry Freitas e Brasas do Forró.

SOBRE SERRA DA RAIZ

Muito antes de ser efetivamente iniciada a colonização do Município de Serra da Raiz, tanto os franceses, em atos de pirataria e aliados dos índios ‘ININGUASSUS’ ou “INIGUASSUS” que habitavam a região, quantos colonizadores portugueses, prelustraram a região em busca de ouro ou pedras preciosas que supunham aflorar na Serra da Capoaba, e travaram inúmeros combates, até que Martin Leitão resolveu intervir, destruindo muito aldeiamentos indígenas e livrando a região dos franceses intrusos. Dentre os primeiros colonizadores da Serra da Raiz destaca-se um Senhor Major Costa que construiu, no pequeno aglomerado, uma rústica indústria de beneficiamento e fiação de algodão, conhecida como “Bolandeira”, fator primordial para que se construi-se novos prédios em suas imediações, proporcionando o crescimento e o progresso da povoação. Com a doação de uma faixa de terra pelos seus moradores, foi construída a Capela do Senhor do Bonfim, em taipa e de pequenas dimensões para o número de adeptos, sendo por isso totalmente reconstruída em alvenaria na década de 1900, e hoje é a sua igreja matriz, ainda, sob o orago do Senhor de Bonfim. Foi árdua a disputa da Vila da Serra da Raiz com a de Caiçara pela liderança da Região, provocando esta rivalidade a parcial paralização do progresso de ambas que passaram a pertencer ao município de Guarabira até o ano de 1908 quando foi restabelecido o município de Caiçara (Lei 309, de 7 de novembro), do qual Serra da Raiz continuou como parte integrante de seu território até sua emancipação em 1959.

Fonte: IBGE

Henrique Florêncio com ASCOM
Mensagem mais recente Mensagem antiga Página inicial

Páginas