RESPONSIVE ADS HERE

Últimas

06/02/2020

Refrescando a memória: Rapadura versus Freire

As convenções partidárias estão longe, no entanto, as configurações já começam a tomar forma desde algum tempo, e os embates políticos se formam mais uma vez em torno das duas famílias: Rapadura versus Freire. Toda cidade, que possui memória política, sabe as histórias que remontam o passado político de nossa cidade envolvendo as duas famílias como gestoras da mesma. 

Ao longo dessa jornada eletiva, precisamos retomar o velho arquivo de nossas memórias e fazermos assim um prognóstico do que de fato andamos desejando para a nossa cidade. Vamos lá! Tivemos 03 (três) administrações envolvendo a família Freire e estamos na segunda administração envolvendo um membro do núcleo Rapadura que soma 03 (três) vitórias em disputas diretas contra a família Freire. Ainda em meados dos 80, mas precisamente no ano de 1989 já se iniciava uma administração “freireana” com o então prefeito Washington Freire, administrando assim de 1989 a 1992. 

No ano de 1992 tivemos um embate político entre o candidato a prefeito, primo do então Sr. Washington, Nicodemos Freire, o qual sabemos não concluiu seu mandato em detrimento do descalabro público ao qual submeteu a cidade, administrando entre 1993 e alguns meses de 1995, levando-a a um caos generalizado onde foi preciso haver uma intervenção, o afastando assim da gestão, não chegou a um impeachment de fato, mas foi preciso o afastamento para entrar a intervenção do então Sr. Humberto de Paula para colocar a cidade em ordem, e desde então, a partir desse feito inicia-se um novo paradigma político na cidade.

Após o desastroso momento político, eis que surge uma nova força de ideias com um novo nome apresentado, bem quisto no meio popular e representando uma classe política promissora: Sr João Pedro da Silva, o popular “João da Rapadura” que foi para o embate político disputando com a então Sueli Freire, esposa do ex prefeito Washington Freire, tendo o Sr. João da Rapadura conseguido uma aclamada vitória. João administrou a cidade dos anos 1997 até os anos 2004, conseguindo o feito de ser o primeiro prefeito a ser reeleito consecutivamente, e nessa reeleição mais uma vez venceu a disputa contra a Sra. Sulei Freire

No ano de 2009 entra em cena a última administração “freireana” em nossa cidade comandada pela Sra. Sueli Freire, esposa do ex prefeito Washington Freire, administrando entre os anos de 2009 e 2012, período esse considerado apático e sem novidades administrativas, o qual todos conhecemos e vamos reavivando a memória aos poucos. 

Tentando a sua reeleição a prefeita Sueli vai para o embate eletivo, dessa vez a história vai ser diferente, encontrou como adversário o destemido vereador Fabiano Pedro representando a família rapadura, e o fato da prefeita ter apresentado 04 (quatro) anos de um governo inoperante vai deixar o povo cansado e desacreditado de suas promessas. Entra enfim, como protagonista, a administração de um jovem que vem fazendo história a frente do executivo lagoadentrense: Fabiano Pedro da Silva, popularmente e carinhosamente chamado de “o menino”. Fabiano administra a cidade desde o ano 2013, e deve concluir seu mandato com glórias esse ano de 2020, deixando um legado administrativo jamais visto em nossa cidade.

Sabemos que a convenção dista um pouco, mas, certamente teremos um quarto embate entre Rapadura e Freire, e a partir da aclamação popular, de pesquisas realizadas com o povo, porque aqui o povo quem decide, a família Rapadura terá mais um concorrente: Zezinho Rapadura. Que certamente bem acolhido pelo povo que já sabe as disparidades contantes entre as administrações das duas famílias. Escolhido para manter o que tem sido feito e trazer mais benefícios para o povo, Zezinho da Rapadura, simples, pé no chão, humilde, está pronto para estar a serviço do povo. 

Esse texto servirá apenas para refrescarmos um pouco a memória e mostrarmos assim, o quanto há de influência política por parte das duas famílias, quanto ao termo administrar em si, deixamos a cargo de vossas consciências perfazerem as análises e realizar assim a conjectura do próximo pleito. Em breve mostraremos a verdade, e faremos uma completa análise de tudo que aconteceu durante esses fatídicos anos políticos que assolaram nossa cidade. Esse ano será repleto de momentos com a frase: “recordar é viver” e quem viver, verá.

Vamos ao quarto embate: Rapadura versus Freire.

Assessoria
Mensagem mais recente Mensagem antiga Página inicial

Páginas